.

Alergia a lactose o que comer

Muitas pessoas são intolerantes a lactose e busca ter uma alimentação saudável sem o consumo de lactose.
Muitos alimentos industrializados utilizam o leite nas suas fabricações. O que muita gente não sabe é que não é só no leite e nos seus derivados que contém lactose.
Existem alimentos que contém lactose, os que contêm baixo teor de lactose e os que não contêm lactose.
- Alimentos que contêm lactose: leite condensado integral/desnatado/ de ovelha, vaca e cabra, leite integral/desnatado, barras de cereais com cobertura de chocolate, iogurte, chantilly, requeijão, queijo processado, queijo fresco, maionese industrializada, molhos, mistura para bolos, creme de leite integral, desnatado, achocolatado, ovos mexidos, pudim, purê de batata, risoles, biscoito recheado, panquecas, temperos industrializados, adoçantes, licores cremosos entre outros alimentos.
- Alimentos que contém baixo teor de lactose: manteiga, margarina, iogurtes com lactobacilos vivos, queijos maturados (queijo parmesão), chocolate meio amargo/ amargo, leite fermentado, leite com baixo teor de lactose. Atenção! Alguns alimentos podem ter variações dependendo da marca, por tanto sempre leia o rótulo.
- Alimentos sem lactose: geléias, pão de forma integral, leite condensado de soja, doce de soja, creme de leite de soja, leite de coco, iogurte a base de soja, chantilly vegetal, pão Frances, carne grelhada, biscoito integral, mostarda, maionese caseira, massa para pastel, tofu, sorvete de fruta, cacau em pó, cereais matinais, massas, tahine, doces em calda, quindim, merengue, balas de coco. Atenção! Alguns alimentos podem ter variações dependendo da marca, por tanto sempre leia o rótulo.

Geralmente os alimentos vêm rotulados avisando que não contém lactose. Alguns alimentos devem ser lidos nos rótulos para não causar nenhum problema.
O leite é um alimento básico da alimentação. A pessoa intolerante não pode consumir leite, pois a lactase presente no intestino não consegue processar as moléculas de leite, causando então a fermentação. Já que o leite não possível consumir, é fundamental substituir o leite por outros alimentos que forneçam cálcio.
Temperos para salada, balas, misturas para bolo, batatas, desjejuns instantâneos e adoçantes dietéticos em compridos contém lactose. Fiquem atentos.

Alergia a lactose em bebês

Infelizmente alguns bebês são alérgicos a lactose. Os bebês que são intolerantes a lactose não têm a capacidade de digerir no intestino o açúcar do leite.
Para suprir as necessidades de cálcio é preciso consumir três copos de leite todos os dias, porém as crianças que são intolerantes, dependendo do nível de intolerância, só podem tomar um copo de 200 ml, mais que essa quantidade pode causar dor de barriga e outros sintomas. Já alguns bebês não podem consumir nem 200 ml.
Quando o bebê é intolerante a lactose é porque o intestino dele não é capaz de produzir lactase, que é a enzima que processa o açúcar na hora da digestão. Se o açúcar não é processado na hora da digestão, os sintomas causam desconfortos.
A desnutrição pode causar intolerância, pois o organismo deixa de fabricar a lactase que é responsável por quebrar a lactose.
Existem disponíveis no mercado leites que suprem as necessidades de cálcio e ainda contém baixos teores de lactose, ou ainda não contém lactose.

A única maneira de tratar a lactose em bebês é evitar e excluir o leite e seus derivados da alimentação dos pequenos. Produtos industrializados que contêm lactose também precisam ser evitados. Às vezes alguns produtos que as mães não imaginam contem leite, por isso estejam sempre atentas. Antes de oferecer qualquer alimento, sempre leia os rótulos.
Não é porque a mãe desconfia de intolerância a lactose é que ela pode excluir o leite da alimentação do bebê, é sempre necessário consultar um médico especialista.

A intolerância a lactose é diferente da alergia a lactose. Quando o bebê tem alergia ao leite, qualquer contato com a substância causa alergia. Se o bebê tem intolerância a lactose ele pode tomar uma mamadeira de leite e não passar mal. Alguns bebês têm dor de barriga só de provar um docinho de leite.
Se o médico especialista em alergia cortar o leite e os derivados da alimentação do seu filho, é fundamental ficar preocupada se o bebê esta recebendo os nutrientes necessários para o seu organismo. O cálcio presente no leite pode ser obtido através de verduras, cereais entre outros alimentos.

Pesquisar este blog

Carregando...

Frutas vermelhas benefícios

Frutas vermelhas benefícios

As frutas vermelhas combatem os radicais livres, previnem problemas cardiovasculares e aumentam a imunidade do organismo. A cor vermelha das frutas trazem muitos benefícios que são essenciais para o organismo, porém é preciso ter muitos cuidados, pois não apenas as frutas vermelhas, mas no geral é preciso lavar com cuidado, pois elas contêm altos índices de agrotóxicos que prejudicam a saúde. É ideal lavar e deixar de molho as frutas antes consumir. É sempre bom manter as frutas refrigeradas e sempre consumir em até três dias após a compra.
A melancia, cereja, morango, acerola, amora, maçã entre outras são consideradas frutas vermelhas. Essas frutas nos fornecem importantes propriedades para a saúde do corpo e ainda são ricas e, fibras, vitaminas e minerais.
O grupo das frutas vermelhas se destacam por causa dos nutrientes de poder anti-oxidante. Essas frutas nos fornecem baixas calorias, e possuem compostos bioativos que contribuem para a prevenção de diversas doenças que prejudicam a saúde. São os compostos que dão a coloração vermelha da fruta.
As frutas de cor vermelha atuam na diminuição do colesterol, na prevenção de doenças cardiovasculares e ainda fortalece o nosso sistema imunológico.
A maioria das vezes as frutas vermelhas são consumidas como geléias, recheio para tortas, doces, caldas e para decoração de sobremesas. É melhor dar preferência para as frutas vermelhas que são consumidas cruas, (in natura), porque o processo de cozimento e secagem da fruta alteram as propriedades nutricionais
- A maçã possui ácido málico que estimula as funções cerebrais e auxilia na absorção da vitamina C no organismo. A maçã é fonte de fibra (pectina) que ótima para o funcionamento do intestino.
- A cereja é fonte de fibras e vitaminas A e C. A quantidade de flavonóides que a fruta contém protege contra as doenças cardiovasculares.
- O morango reduz os níveis de colesterol ruim do sangue. A fruta é rica em compostos fenólicos, catequinas e vitamina C. o morango é o alimento mais contaminado com pesticida por isso é mais indicado consumir os morangos orgânicos.
- A melancia possui uma grande quantidade de água por isso a fruta considerada diurética. A fruta é rica em cálcio, ferro, fósforo e vitaminas do complexo B. ela combate os radicais livres com o licopeno e glutationa.
- O caqui é rico em fibras, como a maçã, além de conter betaroteno, cálcio, fósforo e ser anti-oxidante, combate os radicais livres.

Quais os benefícios da banana

Quais os benefícios da banana

Geralmente algumas pessoas não têm o costume de comer banana. Mas os que costumam consumir banana diariamente, com certeza não sabem dos benefícios que ela traz para a saúde. A banana é uma fruta maravilhosa, pois além de ser saborosa, ainda traz diversos benefícios para o corpo. Essa fruta possui três diferentes tipos de açúcar natural: a frutose, glicose e a sacarose são açúcares muito importantes e quando são combinados com fibras se transformam em uma fonte de energia excelente. Quem consome duas bananas por dia, adquire energia e disposição para trabalhar no pesado por aproximadamente uma hora e meia e é por esse motivo que a banana é importante para a alimentação. Pelo fato de ser fonte de energia é que ela é muito consumida por atletas, mas a energia que fornece não é o único motivo, além disso, ela combate inúmeras doenças como:
Depressão: diversos estudos apontam que algumas pessoas que sofrem de depressão, logo após consumir uma banana, começam a melhorar significativamente. A banana contém bastante proteína e no organismo ela se converte em serotonina, que é uma substância que auxilia no bem estar do corpo e isso facilita o relaxamento.
Pressão arterial: a banana é uma boa fonte de potássio, além de conter muito pouco sal, é ideal para auxiliar na diminuição na pressão arterial.
Cansaço: ingerir a fruta entre as refeições controla os níveis de açúcar no sangue e combate o cansaço matinal.
Dores de cabeça: para as pessoas que não costumam e não gostam de consumir medicamentos para aliviar as dores, a banana pode ser substituída para aliviar mais rápido a dor. Uma batida de mel com banana traz melhores resultados.
Estresse: o potássio é um mineral que controla o batimento cardíaco fazendo com que o oxigênio chegue até o cérebro com mais facilidade e, assim equilibrando a repartição da água no organismo. O estresse faz com que o metabolismo sofra alteração e isso diminui os índices de potássio, então se estiver com estresse coma banana.
Anemia: a banana é rica em ferro e isso estimula a produção de hemoglobina e assim combate a anemia.
Cigarro: quem quer parar de fumar precisa consumir bananas diariamente, porque contém magnésio, potássio, vitamina B6 e B12 que ajudam o organismo a se recuperar da ausência da nicotina, que é uma substância presente no cigarro, então por causa disso é fundamental consumir bananas para se livrar do vício do cigarro que prejudica imensamente a saúde.